Michel e Vladimir

Michel nos Primeiros Dias de Setembro   João da Silveira 04/09/2016 Estupefação diante do impeachment, não do impeachment em si, que era esperado; estupefação diante do fatiamento de uma votação em duas, uma primeira para tirar o mandato de Dilma e a segunda para manter seus direitos políticos. Isso foi feito embora a Constituição diga que aquele que tem seu mandato cassado fica inelegível por oito anos. Foi chicana regimental, aceita pelo guardião maior da Constituição, o presidente do Supremo, que presidia a sessão do impeachment. Mas não importa. Dilma, que não existia politicamente antes de ser alçada por Lula à presidência da República, volta agora à não existência politica mesmo com seus direitos preservados. Dilma não é mais um…

Continuar lendoMichel e Vladimir