Michel (Dilma) & Vladimir

João da Silveira 26/06/2016   Michel (Dilma) na Quarta Semana de Junho Episódios marcantes da semana: recuperação judicial da Oi; “solução” para a dívida dos Estados; Operação Custo Brasil, prisão e soltura de Paulo Bernardo; MO admite elo com repasses para a campanha de Dilma; falência da cidade do Rio de Janeiro; Operação Turbulência. . . A recuperação judicial da Oi, outra gigante do capitalismo de Estado praticado pelos governos Lulopetistas. A dívida total de R$ 64,5 bilhões e a participação dos bancos oficiais. . . As lições do naufrágio da Oi, segundo o Estadão. . . José Mendonça de Barros, Estadão. . . A dívida dos Estados e o governo Temer como “solucionador”. Editorial do Estadão. . . O…

Continuar lendoMichel (Dilma) & Vladimir

Michel (Dilma) & Vladimir

João da Silveira 19/06/2016   Michel (Dilma) na Terceira Semana de Junho Diz O Antagonista: “O que mata o governo Temer é a continuidade com o governo Dilma.”  Exemplo: Henrique Eduardo Alves foi ministro do turismo de Dilma e agora é ministro do turismo de Temer; Hélder Barbalho foi ministro dos Portos do governo Dilma e agora é ministro da Integração Regional do governo Temer. Também foram ministros de Dilma, Eliseu Padilha, Geddel Vieira Lima e Wellington Moreira Franco, que são agora ministros de Temer. E mais, Leonardo Picciani, atual ministro dos Esportes, foi líder de Dilma na Câmara e votou contra seu impeachment. É grande, pois, a continuidade subjetiva, porque o PMDB não só era governo como continua governo.…

Continuar lendoMichel (Dilma) & Vladimir

Michel (Dilma) & Vladimir

João da Silveira 12/06/2016   Michel (Dilma) na Segunda Semana de Junho O Brasil é medalha de ouro em corrupção, diz editorial do New York Times. E Michel Temer mostrou mau juízo ao escolher um gabinete todo masculino e todo de brancos, um gabinete macho-branquicéfalo, quando mais da metade da população brasileira é feita de mulheres e não brancos. Além desse desequilíbrio gênero-racial, sete dos 26 ministros escolhidos, cerca de 1/4 do gabinete, estão manchados pelos escândalos de corrupção. Isso, no entender do editorialista, aumenta a suspeita de que foram indicados para barrar as investigações. E ele lembra em contrapartida que, mais cedo este ano, Dilma Rousseff disse que o prosseguimento das investigações seria saudável para o Brasil. Dessa forma,…

Continuar lendoMichel (Dilma) & Vladimir